Novo

recent

Recente

recent

A verdade por trás da mudança da cor da pele de Michael Jackson

  A aparência de Michael Jackson sempre foi tema de controvérsia familiar e na mídia. Os boatos sobre a vaidade e a aparência do cantor sempre eram acompanhados com especulações sobre a sua saúde mental e física, mas foi na década de 1980 que os boatos se espalharam e a vida profissional de Michael deixou de ser o suficiente para os jornais e revistas de todo o mundo. 




Em meados dos anos 80, Michael foi diagnosticado com vitiligo o que explicava o claro de sua pele. Ele fazia uso de maquiagem para esconder suas manchas em aparições públicas. Os tabloides norte-americanos passaram a divulgar matérias sobre a vida pessoal de Michael e chegaram a o acusar de reconstruir os olhos, modificar os lábios e a testa.
Vitiligoé uma doença não-contagiosa em que ocorre a perda da pigmentação natural da pele. o vitiligo caracteriza-se pela redução no número ou função dos melanócitos, células localizadas na epiderme responsáveis pela produção do pigmento cutâneo, a melanina.
Michael usava luva  para esconder as manchas de vitiligo que estavam surgindo em sua mão. Sua maquiadora Karen Faye, confirmou a história. Essa é a luva que Michael usou na turnê Victory em 1984:


Reparem na foto que a maquiagem ficou na luva, como toda peça usada por Michael, ela foi deixada da maneira em que ele usou, sem ser lavada. O dermatologista de Michael, Arnold Klein, disse em uma entrevista que o vitiligo do astro era muito difícil de ser tratado, e a decisão de ser branco não foi dele, simplesmente a doença foi o levando até onde ele chegou. Michael tomava remédios para acelerar o procedimento, já que ele trabalhava com sua imagem, e ele querendo ou não, ficaria com 95% da pele branca, pois a doença se espalharia de qualquer maneira.. Arnold disse que Michael teve perca da pigmentação da pele e manchas por todo o corpo, mas que em seu rosto e em suas mãos foi muito difícil de se tratar, e disse também que Michael era muito orgulhoso de sua herança negra, e acreditava que algum dos parentes de Michael, de fato, teve vitiligo.

Na foto acima é possível notar as manchas brancas em seu pescoço e rosto no inicio da doença.

 Devemos considerar também o fato de que na época em que Michael passou a ter a doença não haviam tantos recursos, remédios e tecnologias para tratar disso, pois se fosse hoje em dia ele com certeza teria conseguido reverter isso e mantido sua pele natural, negra e com certeza não teria que aguentar comentários maldosos das pessoas e criticas da mídia .


A verdade por trás da mudança da cor da pele de Michael Jackson Reviewed by Nara Avlis on 3:52 PM Rating: 5

3 comentários:

  1. nossaq eu achava que ele3 tinha feito tratamento pra isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, muitos acham isso, mas ele apenas acelerou o processo.

      Excluir
  2. O cabelo tbem ? pois com o tempo o cabelo de michael foi ficando liso

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.